SAÚDE e MEDICAMENTOS

Vírus

SAÚDE e MEDICAMENTOS

Hipertensão

Que situações pode tratar sem ir ao médico?

Medicamentos sem receita médica

Infeções respiratórias nas crianças

Com a chegada do frio vêm as infeções respiratórias que afetam sobretudo as crianças em período escolar. As infeções das vias respiratórias são provocada, na sua maioria, por vírus. É o caso da bronquite, da gripe, da constipação e da amigdalite que afetam sobretudo as crianças. Estas doenças são caracterizadas por sintomas como espirros, tosse, lacrimejamento, dores de garganta ou dores no corpo. Quando a infecção se agrava aparecem sintomas como dificuldade respiratória, pieira, febre alta, cansaço e falta de apetite. Grande parte das doenças que ocorrem com maior frequência durante o tempo frio é provocada por vírus. A estas dá-se o nome de "virose", uma situação caracterizada por febre baixa, secreções no nariz e falta de apetite. Normalmente não originam sintomas graves. No entanto, em algumas crianças podem evoluir para uma infeção bacteriana.

Sintomas mais comuns nas Infeções respiratórias nas crianças

  • Febre baixa;

  • Secreções nasais translúcidas;

  • Tosse seca ou com poucas secreções;

  • Se houver infeção viral da laringe a tosse pode ser irritativa (tosse "de cão").

Como tratar?

  • Higiene nasal com soro fisiológico ou spray de água do mar;

  • Beber muitos líquidos;

  • Uso de descongestionantes tópicos por um período curto de tempo (3 dias);

  • Tomar antipirético em caso de febre.

Sinais de alerta

Apesar da maioria das situações não exigir grandes cuidados, é necessário estar atento ao aparecimento de sinais de alarme na criança, que indicam uma situação mais grave, tais como:

  • Não brinca;

  • Não dorme bem;

  • Tem febre alta e por mais de 3 dias;

  • Tem vómitos;

  • Tem falta de apetite;

  • Tem dificuldade em respirar ou tem pieira;

  • Tem dores nos ouvidos;

  • As secreções ficam espessas e esverdeadas;

  • A tosse agrava-se.

Prevenção das infecções respiratórias

  • Higiene nasal;

  • Lavar as mãos frequentemente;

  • Ter uma alimentação saudável e rica em vitamina C;

  • Praticar exercício físico;

  • Não guardar os lenços usados.


https://rarissimas.pt/linha-rara/
info@rarissimas.pt

As Doenças Raras afetam menos de uma em 2000 pessoas. No total afetam 6% da população. Em Portugal poderá haver cerca de 600000 doentes com uma das 5000 a 8000 doenças raras distintas.


 

Constipação

Constipação é o que se chama às várias infecções respiratórias agudas e comuns, que ocorrem com mais frequência no Outono e Inverno, embora também surjam noutras épocas do ano. Afetam o nariz, a garganta, as amígdalas, os seios peri-nasais, os brônquios e outros locais. Curam-se espontaneamente ao fim de algum tempo...

Gripe, mais vale prevenir!

A Gripe é uma doença contagiosa, causada pelo vírus influenza, de aparecimento inesperado, habitualmente durante o Inverno. A gripe caracteriza-se por febre, arrepios, dores de cabeça e dores musculares, acentuado cansaço e tosse, sintomas que forçam o doente a ficar de cama, faltar à escola ou trabalho ...

Vacinação contra a gripe

A vacinação contra a gripe sazonal tem por objetivo reduzir a probabilidade de infecção e a gravidade da doença. Todos os anos as estirpes de vírus em circulação alteram-se e, por isso, a vacina é alterada de modo a assemelhar-se às estirpes em circulação...

Asma. Como prevenir?

A asma é uma doença dos brônquios, na qual estes, por ação de estímulos muito diversos (alérgicos ou irritantes) , se contraem subitamente de forma mais ou menos intensa mas habitualmente temporária...

Psoríase

A psoríase é uma doença sistémica inflamatória crónica. Não contagiosa. Afeta a pele, as unhas, o couro cabeludo e, por vezes, as articulações. Cerca de 2% da população, tanto homens como mulheres sofrem desta doença. Os sintomas variam com a evolução da doença e de pessoa para pessoa...