Saúde e Medicamentos

    Saúde e Medicamentos

 

Gripe A

(Última atualização: Dezembro 2009)

O que é a Gripe A?

A Gripe A é causada por uma nova estirpe de vírus da gripe o H1N1. Este vírus tem origem no porco pelo que, no início, era denominada gripe suína. Os sintomas são os mesmos de qualquer outro estado gripal: febre, tosse, dificuldade respiratória, dor muscular, cansaço generalizado, falta de apetite, vómitos, diarreia, entre outros.

Como se transmite?

O vírus transmite-se por via aérea, de pessoa para pessoa, através de partículas de saliva infectadas por meio dos espirros e da tosse. Não há risco de infecção através do consumo de carne de porco bem cozinhada.

O alerta de pandemia de gripe deve-se ao facto de haver a possibilidade de transmissão de pessoa para pessoa, dando origem a pequenos surtos e não haver ainda uma vacina. A situação está a evoluir e há cada vez mais países com casos confirmados.

Como prevenir?

A melhor forma de evitar a doença consiste na prevenção. Nesse sentido, existem algumas medidas de higiene que reduzem o risco de infecção e a sua disseminação:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão líquido;
  • Usar lenços de papel descartáveis para assoar e expectorar;
  • Evitar o contacto das mãos nos olhos, na boca, no nariz e mucosas.

Em caso de deslocação a zonas afetadas recomenda-se:

  • O uso de máscaras protetoras para prevenir a transmissão;
  • As superfícies de contacto manual, como maçanetas das portas, devem ser limpas, uma vez que o vírus permanece ativo pelo menos duas horas;
  • Evitar espaços lotados e fechados.

As pessoas com gripe devem permanecer em casa.

Antes de se deslocar ao hospital é preferível ligar para a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) e seguir as instruções dadas.

Em caso de regresso de uma zona afetada deve-se estar atento aos sintomas gripais num período de 7 dias.

Apesar de haver algumas mortes provocadas pelo vírus, a maioria dos casos reportados de infecção pelo vírus A(H1N1) recuperam normalmente sem necessidade de medicação antivírica.

Atualmente, não existe nenhuma vacina desenvolvida, pelo que o único recurso são os antivíricos 

Em Portugal, existe uma reserva de medicamentos suficiente para ser disponibilizada em caso de necessidade.

Informação atualizada pode ser obtida em:

Direção Geral de Saúde - Microsite da Gripe: http://www.dgs.pt

Comissão Europeia: http://ec.europa.eu/health/ph_threats/com/Influenza/novelflu_pt.htm

Organização Mundial de Saúde (WHO - Epidemic and Pandemic Alert and Response (EPR)): http://who.int/csr/disease/swineflu/en/index.html

Centers for Disease Control and Prevention (CDC - Suine Influenza): http://www.cdc.gov/swineflu/

 

 

Voltar

Medicamentos Dependências Lazer
Analgésicos
Antigripais
Cansaço
Tranquilizantes
Vitaminas








 
Álcool
Drogas
Tabaco








Repelentes de Insetos
Sol/Protetores
Viagens








Primeiros Socorros Vida e Saúde Medicamentos Alternativos
Emergências
Envenenamentos
Picadas de Animais
Animais domésticos
Auto-medicação
Bebé
Contraceptivos
Emagrecer
Impotência Sexual
Menopausa
Vacinas

 
Acupuntura
Chá
Fitoterapia
Homeopatia

Naturopatia
Osteopatia
Quiropráxia
Olhos e Ouvidos
Conjuntivite
Olhos
Ouvidos

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 18-jan-2019