Saúde e Medicamentos

    Saúde e Medicamentos

Ressonar

Ressonar/Apneia do sono

Ressonar é o som de gorgolejo, zumbido ou serra que resulta de uma obstrução parcial das vias respiratórias superiores durante o sono. Os sons associados ao ressonar são normalmente causados por um estreitamento das vias respiratórias por detrás da úvula ou zona da faringe, por detrás da língua. O ressonar surge quando estas estruturas vibram devido à diminuição do seu tónus induzido pelo repouso e à própria perda de elasticidade.

Existem diversos fatores e condições que aumentam a possibilidade de ressonar:

  • Dormir de costas;
  • Palato mole e uma úvula de grandes dimensões;
  • Enfraquecimento do tecido muscular devido ao envelhecimento;
  • Decorrente de uma obstrução nasal devida a aumento do volume de secreções, produção de muco, desvio de septo nasal, rinites, sinusites e pólipos nasais;
  • Consumo de álcool e alguns medicamentos (sedativos) que reduzem a tensão do tecido muscular levando a que este perca rigidez;
  • Excesso de peso, que engrossa as paredes da faringe;
  • Irritação constante da garganta, com fumo do tabaco por exemplo, que pode engrossar as suas paredes;
  • Hiperplasia das amígdalas e adenóides;
  • Várias alterações das estruturas das vias aéreas superiores, como hipoplasia de mandíbula e maxila, macrogrossia, queixo duplo, alterações nos ossos da face, entre outros.

O ressonar é uma manifestação inicial de um problema mais sério que é a apneia do sono, que resulta de uma obstrução das vias aéreas por períodos superiores a 10 segundos durante o sono. Como consequência, verifica-se uma hipoventilação alveolar e que tende para hipoxemia (baixa oxigenação do sangue) e hipercapnia (aumento do dióxido de carbono no sangue). Como reação a pessoa desperta como com a contração muscular rápida que restabelece a normal respiração.

Estudos populacionais permitiram concluir que o ressonar é comum em 19% das mulheres e 30% dos homens. A apneia do sono ocorre em 2 a 4% da população geral, sendo mais comum nos homens a partir dos 50 anos. (Knuiman, 2005; Reimão, 1996).

A apneia do sono aumenta o risco de morte, e de ter hipertensão, enfarte do miocárdio, AVC, arritmia no coração.

Dispositivos para alívio do ressonar
  • Spray nasal;
  • Sprays orais;
  • Espuma oral;
  • Pastilhas;
  • Clip nasal;
  • Pensos nasais.

Gotas nasais (Asonor®)

Lubrifica a suaviza as membranas mucosas, contrai a musculatura da garganta, facilitando a respiração. O aplicador permite depositar na zona anterior da garganta.

Composição: Cloreto de sódio, Polysorbato 80, Glicerol, Sorbato de potássio, Edetato.

Sprays com óleos e extratos de plantas (Quies®, Ressonar Stop®, Puranox®).

A composição destes sprays proporciona uma lubrificação e endurecimento da parte posterior da garganta que, assim, diminuem as vibrações..

  • Hidratam a mucosa do trato respiratório superior proporcionando efeito imediato;
  • Reduzem as vibrações que causam o ressonar;
  • Têm um efeito balsâmico.

Composição: Balotta nigra; Marrubium vulgare; Zinziver officinalis; Pimpinella anisum; Mentha piperita; Eucalyptus globulus; Óleo de Olea europea; Cristais de Mentol; Vitamina E (Acetato de tocoferol); Lecitina de Soja; Óleo de Amêndoa doce; Vitamina C (Ácido ascórbico), Óleo de Gérmen de Trigo; Vitamina B6 (Cloridrato de tiamina), Óleo de Mentha piperita; Eucaliptol, Óleo de Helianthus annuus (Girassol); Anetol (Anis); Óleo de Melaleuca alternifolia; Goma xantana; etc.

Modo de utilização: Utilizar o produto antes de dormir. Agitar o produto e aplicar diretamente na garganta com a ajuda do bucal. Inclinar a cabeça para trás e dirigir o spray para a parte superior da boca (na zona da garganta, língua e úvula).Deve-se evitar comer ou beber depois de utilizar o produto.

Espuma oral em spray (Silence®)

Forma uma película na mucosa da garganta que funciona como  lubrificante que reduz a vibração do palato mole e da úvula contra as paredes da garganta.

Composição:
Fosfatidilcolina (Retirada da lecitina de soja) - Forma a  película lubrificante que reduz a vibração do palato mole e da úvula contra as paredes da garganta.
Carragenina (Extrato de algas marinhas) - Agente bioaderente  que assegura uma adesão de longa duração à mucosa.
Rosa Canina - Atua como fortalecedora do tónus muscular e como adstringente.

Modo de utilização: Utilizar o produto antes de dormir. Agitar o produto e aplicar diretamente na garganta com a ajuda do bucal e depois engolir. Deve-se evitar comer ou beber depois de utilizar o produto.

Pastilhas (Quies pastilhas®)

Na composição entra a goma xantana que tem uma ação filmogénica e lubrificante e que limita as vibrações sonoras do véu do palato. As vitaminas E e B6 tonificam os músculos da garganta.

Dilatador nasal (ClipAir®, Ronkinets®)

É um dilatador nasal feito de material elástico biomédico que se encaixa nas narinas, abrindo-as e,deste modo, melhora a respiração.

Indicações:

  • Melhorar a performance da respiração;
  • Melhorar a oxigenação dos músculos no desporto;
  • Diminuir o esforço para a respiração;
  • Prevenir o ressonar causado por obstrução nasal;
  • Aliviar dificuldades de respiração nasal;
  • Ajudar em problemas de estreitamento nasal;
  • Evitar o ressecamento da garganta por dificuldades de respiração nasal.

Pensos Nasais (BreatheRight®, Ronkinets®)

Os pensos nasais aplicados sobre o nariz  levantam suavemente as asas do nariz, abrem as fossas nasais e facilitam imediatamente a respiração.

Indicações:

  • Alívio da congestão nasal causada por constipações e alergias comuns;
  • Melhoria da respiração de pessoas com desvio do septo nasal;
  • Alívio do ressonar derivado da obstrução nasal.
 

Voltar

Dependências Lazer
Álcool
Drogas
Tabaco








Repelentes de Insetos
Sol/Protetores
Viagens








Vida e Saúde Medicamentos Alternativos
Animais domésticos
Auto-medicação
Bebé
Contraceptivos
Emagrecer
Impotência Sexual
Menopausa
Vacinas
Acupuntura
Chá
Fitoterapia
Homeopatia

Naturopatia
Osteopatia
Quiropráxia

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 01-set-2018