Saúde e Medicamentos

Saúde Animal Perguntas/Respostas 

Gota

A Gota  é uma inflamação das articulações, muito dolorosa, que tem origem no excesso de ácido úrico no sangue.

O ácido úrico é formado a partir das purinas que por sua vez resultam da alimentação. Quando há diminuição da eliminação do ácido úrico pela urina ou há um aumento da sua produção este acumula-se nas articulações em pequenos cristais (semelhantes a agulhas) provocando a inflamação das mesmas.

Consequências da Gota
  • Interfere com o movimento das articulações;
  • Sem tratamento as crises podem prolongar-se e tornar-se cada vez mais frequentes;
  • A agressão constante das articulações pode causar deformações nas mãos, pés, cotovelos e joelhos;
  • Num estado mais avançado pode afetar o aparelho urinário, provocando pedras nos rins.

Sintomas

Caracteriza-se por inchaço, vermelhidão, calor e dor nas articulações, em particular no dedo grande do pé. Normalmente, a gota concentra-se numa única articulação, mas quando não é tratada estende-se a outras (tornozelos, joelhos, pulsos e cotovelos.

Prevenção

Há cuidados essenciais que contribuem para controlar as crises de gota e sobretudo para as prevenir:

  • Evitar alimentos ricos em purinas como vísceras  dos animais (Coração, Fígado, Tripas, etc.), carne de animais jovens, marisco, etc.;
  • Fazer dieta baixa em calorias;
  • Evitar ter excesso de peso;
  • Evitar bebidas alcoólicas, em particular a cerveja;
  • Beber água em abundância (2L/dia);
  • Consumir leite e produtos lácteos magros (ajudam a reduzir);
  • Praticar exercício físico moderado para não forçar articulações;
  • Controlar ácido úrico com análises regulares.

Tratamento medicamentoso

O tratamento da gota visa a resolução da crise aguda e a normalização dos valores de ácido úrico.

  • Tratamento da crise aguda

O medicamento usado é a colchicina associada a anti-inflamatórios não esteróides (Indometacina, naproxeno, piroxican, etc.)

Controlada a crise aguda, começa-se com um tratamento para normalização do ácido úrico. Isto faz-se recorrendo a um inibidores da síntese: Alopurinol. Este medicamento atua não deixando que se forme o ácido úrico a partir das purinas.

  • Tratamento profilático

Nos tratamentos profiláticos usam-se a colchicina e o alopurinol em doses mais baixas.

  • Dieta

Embora não constitua uma medida essencial para o tratamento das crises agudas, uma dieta  em que se devem evitar os excessos alimentares é fundamental para a prevenção do aparecimento de novas crises.

Voltar

Doenças Infeciosas
Hepatite
Meningite
SIDA
Vacinas
Varicela
Zona





Cuidados Corporais
Cabelo
Caspa
Celulite
Higiene oral
Pele Seca
Piolhos
Próteses dentárias
Queda de cabelo

Dermatologia
Acne
Afta
Calos
Dermatite
Diarreia
Frieiras
Hematomas
Herpes Labial
Micoses
Queimaduras
Varizes

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 18-out-2016