Saúde e Medicamentos

                  

Saúde e Medicamentos

Saúde Animal Perguntas/Respostas 

Herpes Genital

O que é?

É uma infecção causada pelo vírus herpes (VHS). É transmitido por contactos sexuais e afeta a área genital e outras, dos homens e das mulheres: pénis, vulva, ânus, nádegas, coxas e pode atingir a parte inferior das costas. Provoca lesões características, dores, prurido e inflamação.

Como se transmite?

O VHS transmite-se através de qualquer tipo de relação sexual. Aloja-se nos gânglios, onde fica inativo, permanecendo aí o resto da vida. Mais tarde pode reativar-se e provocar nova infecção.

Quais os sintomas?

Na primeira infecção, a irritação genital pode ser acompanhada de sintomas parecidos com os da gripe: mal-estar geral e dores generalizadas nos ossos e músculos. As lesões genitais dolorosas podem levar dias a desenvolver-se. Nos casos graves e se a infecção não for tratada de imediato, a duração é superior a 3 semanas. Os sintomas podem ou não voltar a aparecer ao longo da vida (infecções activas). Normalmente têm a duração de uma semana mas podem variar com a pessoa.

A infecção é difícil de identificar porque os sintomas variam e a primeira infecção pode passar despercebida. Cerca de 80% das pessoas com herpes genital inativo desconhecem que estão infectadas. O diagnóstico é feito com o auxílio de exames médicos e laboratoriais, pelo que se deve consultar o médico aos primeiros sinais de suspeita.

Qual o tratamento?

Existem medicamentos que aliviam os sintomas e outros que travam a multiplicação do vírus, mas este permanece no organismo na forma inativa.

Como aliviar as infecções activas?

  • Ingerir muitos líquidos, que podem diminuir a irritação da zona genital ao urinar.
  • Ter uma higiene genital regular, através de lavagens com água e sal ou soro fisiológico, que aliviam as dores e secam as lesões.
  • Aplicar gelo (não diretamente) ou creme analgésico nas lesões.
  • Usar roupa íntima de algodão, que minimiza o desconforto e não interfere com a cicatrização das lesões.

Quais os cuidados para diminuir as infecções activas?

  • Evitar o stress o cansaço, porque debilitam o estado de saúde e facilitam a reativação do vírus.
  • Moderar a exposição ao sol e às radiações dos solários, nas zonas afetadas.
  • Tratar das infecções assim que as detecta.
Prevenção

Usar preservativo, preferencialmente associado a espermicidas.

Cuidar regularmente da higiene da zona genital.

Consultar o médico se pretende engravidar.

Voltar

Doenças Infeciosas
Hepatite
Meningite
SIDA
Vacinas
Varicela
Zona





Cuidados Corporais
Cabelo
Caspa
Celulite
Higiene oral
Pele Seca
Piolhos
Próteses dentárias
Queda de cabelo

Dermatologia
Acne
Afta
Calos
Dermatite
Diarreia
Frieiras
Hematomas
Herpes Labial
Micoses
Queimaduras
Varizes

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 18-out-2016