Saúde e Medicamentos

Azia

A dispépcia ou azia é um de vários sintomas relacionados que podem afetar a parte superior do aparelho digestivo. Caracteriza-se por uma perturbação digestiva e por um desconforto na região superior do abdómen, que pode estar relacionado com excessos alimentares. No entanto, pode estar relacionada com situações mais graves, tais como refluxo gastro-esofágico ou úlcera péptica. 

Os sintomas por excesso alimentar iniciam-se uma hora após a ingestão excessiva e podem persistir até 24 horas.

Fatores predisponentes:

  • Refeições rápidas, abundantes e ricas em gorduras;
  • Obesidade;
  • Gravidez;
  • Alguns alimentos (Gorduras, alimentos picantes, chocolate, café, bebidas gaseificadas, álcool, etc.);
  • Tabaco;
  • Posição (ex.: dobrar-se para a frente, deitar-se);
  • Medicamentos (Aspirina, vitamina C, bloqueadores dos canais de cálcio, teofilina, antidepressivos, etc.)
Sintomas associados a azia:ar
  • Pirose (Sensação de queimadura);
  • Eructação (Arrotos);
  • Regurgitação;
  • Disfonia (Alteração da voz);
  • Dor torácica;
  • Hemorragia;
  • Disfagia (Dificuldade em engolir);
  • Odinofagia (Dor ao engolir).

Tratamento:

Os anti-ácidos são a primeira escolha no tratamento da dispépcia.

Ver medicamentos anti-ácidos

Além do tratamento farmacológico existem alguns fatores que podem ajudar a melhorar os sintomas:

  • Manter estilos de vida saudáveis:
    • Deixar de fumar;
    • Reduzir consumo de álcool;
    • Aumentar a prática de exercício físico;
    • Manter uma alimentação saudável:
      • Evitar os alimentos condimentados e bebidas gaseificadas;
      • Aumentar o consumo de fibras;
      • Reduzir o tempo entre refeições e a quantidade ingerida;
      • Comer devagar e mastigar bem os alimentos;
    • Atingir o peso ideal;
  • Dormir com a cabeceira da cama mais elevada;
  • Evitar deitar-se a seguir às refeições;
  • Evitar cintos apertados e roupas justas;

Situações de alerta que necessitam de aconselhamento médico:

  • Sintomas persistentes depois da toma de antiácidos e estilos de vida saudáveis;
  • Azia frequente por mais de 2 semanas;
  • Dificuldades em engolir;
  • Perda de sangue no vómito ou nas fezes;
  • Dor repentina e persistente no estômago ou no peito;
  • Suores associados à dor no peito;
  • Perda de peso sem motivo aparente;
  • Dor ou ardor entre refeições ou durante a noite, que alivia depois de comer.

Voltar

Dependências Lazer
Álcool
Drogas
Tabaco








Repelentes de Insetos
Sol/Protetores
Viagens








Vida e Saúde Medicamentos Alternativos
Animais domésticos
Auto-medicação
Bebé
Contraceptivos
Emagrecer
Impotência Sexual
Menopausa
Vacinas
Acupuntura
Chá
Fitoterapia
Homeopatia

Naturopatia
Osteopatia
Quiropráxia
Tisanas

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 07-jan-2018