Saúde e Medicamentos

                  

Saúde e Medicamentos

Saúde Animal Perguntas/Respostas 

Emagrecer

A perda de peso para obtenção do peso ideal mais do que uma necessidade estética para alcançar as medidas perfeitas é uma forma de prevenção de numerosas doenças associadas ao excesso de massa corporal, como são as doenças cardiovasculares, diabetes, varizes, patologias da coluna e articulações, etc.
O risco é proporcional ao aumento do índice de massa corporal (I.M.C.).
Poderá dizer-se que uma das formas de emagrecer é não comer. E de certa forma é correto, mas a redução na alimentação deve ser feita de uma forma equilibrada, mantendo-se os nutrientes essenciais. A alimentação deve ser adaptada à atividade física de cada um, à idade, estrutura física, profissão, etc. Deve ter, portanto, um estilo de vida saudável. 
Por vezes é difícil suportar as dietas rigorosas que são necessárias fazer para reduzir o peso. Nestes casos usam-se os numerosos produtos que existem à venda nas farmácias para emagrecimento

Existem vários medicamentos e produtos naturais que são usados para o controlo do peso. Naturalmente nem todos são muito eficazes na redução do peso. Alguns têm apenas um ligeiro efeito, tendo sobretudo um efeito psicológico.
Além disso, nem todas as pessoas podem tomar todos os medicamentos existentes.
De entre os medicamentos estão aprovados em Portugal para o controlo do peso a sibutramina e o orlistato. O quitosano é um produto natural que está aprovado e que manifesta alguma eficácia na redução do peso.
Além destes, existem muitos outros produtos naturais  que são usados no controlo do peso e nas dietas de emagrecimento. São exemplos destes os:

  • Antiobstipantes - Sene (Cassia angustifolia); Amieiro negro (Rhamnus frangula); Cascara sagrada (Rhamnus purshiana), etc.
  • Extratos ou derivados de plantas como:
    • Algas Fucus;
    • Garcínia;
    • Konjac;
    • Guaraná;
    • Ortosifão;
    • Chá verde;
    • Ananás;
    • Laranja amarga.
  • Suplementos alimentares:
    • CLA (ácido linoleico conjugado);
    • Fibras;
    • Crómio;
    • Coenzima Q10;
    • L-carnitina.

Os medicamentos aprovados em Portugal são de receita médica obrigatória e requerem, por isso, avaliação médica para a sua utilização.
Quanto aos medicamentos naturais,  estes não necessitam de receita médica. Embora a sua utilização seja, de uma forma geral, segura para utilização sem supervisão médica, não deve ser feito sem o aconselhamento de um profissional de saúde que esteja informado dos efeitos secundários e das contra-indicações dessas substâncias.

A escolha de entre os medicamentos ou produtos naturais depende de vários fatores:
  • Índice de massa corporal : Peso/(altura)2 (Kg/m2);
  • Outras doenças que existam e que devam ser controladas;
  • fatores de risco associados;
  • Tolerância a efeitos adversos;
  • Tentativas anteriores de redução de peso.

Alguns conselhos para um estilo de vida saudável:
  • Dieta equilibrada, pobre em gorduras, açúcares, alimentos fritos, refrigerantes e bebidas alcoólicas;
  • Comer alimentos ricos em fibras (pão, cereais, arroz e massas integrais), vegetais, fruta, carne e peixe magros, alimentos cozidos ou grelhados;
  • Fazer várias refeições ao dia, diminuindo a quantidade de alimentos que se ingere em cada uma delas. Evitar refeições fartas, principalmente ao jantar;
  • Começar as refeições com sopa ou salada;
  • Beber bastante água ao longo do dia;
  • Praticar desporto.

 

Atenção:
  • Dietas rápidas são desequilibradas e podem causar deficiências nutricionais, além de não serem duradouras;
  • Fazer jejum ou refeições muito espaçadas origina excessos e estimula o armazenamento do organismo;
  • Há que ler sempre o rótulo para saber qual é o valor calórico.
Saiba qual é o seu índice de massa corporal:

Introduza o seu peso em Quilogramas e a sua altura em Centímetros nos quadros abaixo e clique no botão "Calcular

Peso 
(kg)
Altura 
(cm)
O seu IMC
(kg/m2)

Classificação*

   *Classificação da OMS, 2000 

This free script provided by JavaScript Kit

Produtos usados para emagrecimento:
Orlistato

É uma droga que inibe a ação das enzimas intestinais, não permitindo que os ácidos gordos da alimentação sejam hidrolisados em ácidos gordos livres e absorvíveis pelo intestino. É de indicação médica.

Orlistato

Quitosano

É um produto natural derivado da quitina, um polissacarídeo encontrado no exoesqueleto de crustáceos, como o caranguejo, a lagosta e o camarão, que ajuda o organismo a eliminar a gordura ingerida durante as refeições.

Quitosano

Anti-obstipantes
ver>>>>>
Algas Fucus

As Algas (Fucus vesiculosus) são extremamente ricas em mucilagens não absorvíveis pelo organismo e que ao incharem em contacto com água dão sensação de plenitude. As vitaminas, minerais e oligoelementos que as algas contêm ajudam a reforçar o equilíbrio do organismo. A constituição rica em fibras vegetais facilitam o trânsito intestinal (efeito laxante). Diminui a absorção de gorduras, açúcares e sais biliares.

Garcínia (ácido hidroxicítrico)

A pele do fruto da Garcínia contém o ácido hidroxicítrico (AHC). O AHC intervém no metabolismo dos açúcares, reduzindo a sua transformação em gorduras. O AHC reduz o apetite por açucares.

Konjac (Glucomanano)

O Glucomanano, o componente mais importante da raiz do Amorphophallus Konjac, é um polissacarídeo capaz de absorver mais de 100 vezes o seu volume em água, formando um gel volumoso e de grande viscosidade. Pelo efeito de volume o konjac dá sensação de saciedade, funcionando dessa forma como um controlador do apetite. Tem efeito laxante e dificulta a absorção de gorduras. É hipoglicemiante e hipocolesterolmiante.

 

Guaraná

A semente do Guaraná (Paullinia cupana) contém cafeína mas, é, sobretudo devido aos polifenóis que se deve a ação. Os polifenóis aumentam o metabolismo basal das células, ativam a degradação das gorduras, assim como, estimulam a libertação de adrenalina, que tem uma ação estimulante do metabolismo e degradação dos lípidos. O Guaraná é útil na luta contra a baixa forma física que acompanha as dietas de emagrecimento.

Ortosifão ("Chá de Java")

Rico em polifenóis, em potássio e em óleos essenciais, as folhas de Ortosifão são fortemente diuréticas e depurativas, aumentam o volume da urina e favorecem a eliminação renal de cloretos e ácido úrico. Com estes efeitos são eliminadas toxinas e combate-se a retenção de líquidos.

Chá verde

O Chá Verde deve a sua ação aos seus constituintes ativos: taninos e  flavonóides.
As folhas de Chá verde estimulam a lipólise e a termogénese, permitindo eliminar mais rapidamente as gorduras de reserva responsáveis pelos quilos em excesso. Ao estimular a lipólise ajuda a limitar a assimilação dos lípidos e glúcidos pelo organismo e consequentemente o seu armazenamento. A cafeína permite lutar contra a fadiga associada muitas vezes ao emagrecimento.

Ananás

O Ananás é um fruto rico na enzima bromelaína, que se concentra, sobretudo no talo. A bromelaína atua a nível celular favorecendo o fracionamento dos tecidos fibrosos responsáveis pela celulite. Dessa forma a gordura que se acumula em nódulos formando a celulite  é mais facilmente eliminada.

Laranja amarga

A Laranja Amarga  é um fruto muito rico em sinefrina e flavonóides. A sinefrina aumenta a produção de energia corporal e consequentemente o metabolismo basal, levando o organismo a queimar as reservas de gordura armazenada para a produção de energia.

CLA (ácido linoleico conjugado)

O ácido linoleico conjugado é um ácido gordo essencial que está  presente na carne e laticínios e tem efeito na redução do peso e na prevenção da obesidade. O mecanismo de funcionamento ainda não foi totalmente estabelecido. Aparentemente bloqueia a absorção da gordura pelas células adiposas e encaminha-a para as células musculares pela corrente sanguínea. Nas células musculares, a gordura é transformada em energia. A relação massa muscular/ massa adiposa também, é melhorada.

L-Carnitina

A L-Carnitina faz parte do mecanismo que transporta os ácidos gordos para a mitocôndria para aí serem convertidos em energia. A sua eficácia só se verifica se houver exercício físico associado. Por essa razão a L-Carnitina funciona como um queima gorduras, substituindo a massa gorda por massa muscular.

Fibras

As fibras reduzem a necessidade de comer porque absorvem os líquidos aumentando o seu volume levando à sensação de estômago cheio. Além disso as fibras também têm um efeito regulador intestinal.

Crómio

O Crómio é um mineral vital existente nos alimentos que tem um papel fundamental para o organismo seja capaz de regular o açúcar no sangue, co-factor da insulina. O Crómio inibe o apetite por alimentos ricos em açúcares, altera o metabolismo dos açucares, lípidos e proteínas, diminuindo a massa gorda e aumentando o metabolismo basal.

Coenzima Q10

A Coenzima Q10 ou Ubidecaronona é vital para o metabolismo celular. Esta coenzima é obtida naturalmente na alimentação. O fígado é capaz de sintetizar pequenas quantidades.

Voltar

Doenças Infeciosas
Hepatite
Meningite
SIDA
Vacinas
Varicela
Zona





Cuidados Corporais
Cabelo
Caspa
Celulite
Higiene oral
Pele Seca
Piolhos
Próteses dentárias
Queda de cabelo

Dermatologia
Acne
Afta
Calos
Dermatite
Diarreia
Frieiras
Hematomas
Herpes Labial
Micoses
Queimaduras
Varizes

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 18-out-2016