Saúde e Medicamentos

                  

Saúde e Medicamentos

Saúde Animal Perguntas/Respostas 

Pele Seca e Desidratada

A pele é composta por vária camadas e estruturas:

  • Epiderme - a camada mais externa;
  • Derme - a camada viva da pele, onde se situam os vasos sanguíneos, os mecanismos sensoriais, etc.
  • Hipoderme - o tecido subcutâneo.

É fundamental que a pele se apresente integra para cumprir as suas funções. Para isso, contribuí a hidratação da pele.

Sinais e sintomas da pele desidratada:

  • Perda de elasticidade;
  • Poros fechados;
  • Perda de brilho;
  • Eritema (devido à dilatação dos capilares sanguíneos)
  • Descamação;
  • Rugas finas;
  • Comichão;
  • Fissuras;
  • Inflamação.
Fatores que favorecem a desidratação da pele:

Exposição solar

Os raios solares promovem a evaporação da água.

Condições climáticas

Vento, temperaturas extremas (calor e frio) favorecem a evaporação da água à superfície.

Aquecimento e ar condicionado

Reduzem a humidade ambiente, secando a pele.

Banhos longos com água muito quente

A água quente quebra o manto lipídico, assim como, o cloro das piscinas.

Sabões

sabões muito agressivos têm uma ação deslipidemiante, aumentam o pH cutâneo, desnaturam as proteínas da pele, reduzem o potencial bacteriano da pele, alteram o filme hidrolipídico e irritam a pele sensível.

Doenças

Ictiose, dermatose, psoríase, hipotiroidismo, eczema atópico são algumas das doenças que alteram a camada córnea da pele.

Tabaco, álcool, café e medicamentos

Fumar provoca desidratação da pele; O consumo excessivo de álcool e café induz a secura cutânea; Alguns medicamentos contribuem para a secura da pele: flutamida, finasterida, tamoxifeno, retinóides.

Sexo feminino

A pele seca é mais frequente na mulher, sobretudo após a menopausa.

Idade

Com o envelhecimento o teor de água da pele diminuí

Desidratação

Diarreia, vómitos, febre elevada e transpiração durante exercício físico intenso levam à perda de água do organismo e consequentemente da pele. 

Cuidados a ter para evitar a desidratação ou secura da pele:

A secura da pele evita-se impedindo que a água evapore com o uso de produtos dermatológicos adequados e diminuindo as agressões externas

  1. Usar humidificadores para contrariar o efeito do ar condicionado e do aquecimento;
  2. Evitar a exposição a condições extremes de temperatura;
  3. Manter a temperatura ambiente da casa não muito quente para evitar a perda por transpiração;
  4. Ingerir água com abundância;
  5. Limitar o número de banhos por dia e utilizar água morna;
  6. Evitar produtos muito desengordurantes (contém laurilsulfato de sódio);
  7. Usar sabonetes gordos (que contém ácidos gordos essenciais, glicerol e óleos), agentes de limpeza de origem vegetal (aveia coloidal) e óleos de banho;
  8. Aplicar um leite/creme hidratante depois do banho e ao longo do dia;
  9. Evitar loções tónicas com elevado teor alcoólico porque têm ação desengordurante;
  10. Evitar exposição ao sol sem proteção;
  11. Evitar o uso de substâncias humectantes  isoladas, pois tanto retiram água do ambiente como da própria pele como por ex.: glicerina;
  12. Os hidrocarbonetos como a vaselina podem irritar a pele, quando usados muitas vezes;
  13. Certas situações mais graves (ictiose, dermatite atópica, etc. requerem tratamentos específicos;
  14. Usar batom para os lábios,
  15. Não lavar as mãos em excesso, usar creme de mãos e proteger com luvas nas tarefas domésticas.

Substâncias activas usadas em produtos hidratantes:

Eis algumas das substâncias que podem entrar na composição dos produtos hidratantes e emolientes. A composição é muito complexa. Alguns produtos são formulados para uso diário, outros para situações extremas. As substâncias indicadas abaixo são algumas das mais usadas em formulações  para aplicação na pele: 

  • Ácido láctico e glicólico:
    Têm uma ação queratolítica em concentrações elevadas e por isso são usados em calosidades e verrugas. Em concentrações mais baixas têm ação humectante, indicado em xerose e ictiose (situações de pele extremamente seca);
  • Óleo amêndoas doces, de girassol e de soja;
  • Pantenol e dexpantenol;
  • Parafina;
  • Ureia (Carbamida);
  • Alantoína;
  • Glicerina;
  • Álcool cetílico e benzílico
  • Ácidos gordos;
  • Lanolina;
  • Aveia;
  • Ceramidas, etc.
 
  • Sintomas da pele desidratada.
  • O que provoca a desidratação da pele?
  • Cuidados a ter.
  • Substâncias hidratantes.

Voltar

Doenças Infeciosas
Hepatite
Meningite
SIDA
Vacinas
Varicela
Zona




Cuidados Corporais
Cabelo
Caspa
Celulite
Pele Seca
Piolhos
Queda de cabelo



Dermatologia
Acne
Afta
Calos
Dermatite
Diarreia
Frieiras
Hematomas
Herpes Labial
Micoses
Queimaduras
Varizes

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 28-nov-2015  

 

Doenças Infeciosas
Hepatite
Meningite
SIDA
Vacinas
Varicela
Zona





Cuidados Corporais
Cabelo
Caspa
Celulite
Higiene oral
Pele Seca
Piolhos
Próteses dentárias
Queda de cabelo

Dermatologia
Acne
Afta
Calos
Dermatite
Diarreia
Frieiras
Hematomas
Herpes Labial
Micoses
Queimaduras
Varizes

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 18-out-2016  

Doenças Infeciosas
Hepatite
Meningite
SIDA
Vacinas
Varicela
Zona





Cuidados Corporais
Cabelo
Caspa
Celulite
Higiene oral
Pele Seca
Piolhos
Próteses dentárias
Queda de cabelo

Dermatologia
Acne
Afta
Calos
Dermatite
Diarreia
Frieiras
Hematomas
Herpes Labial
Micoses
Queimaduras
Varizes

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 18-out-2016