Saúde e Medicamentos

    Saúde e Medicamentos

 Envenenamentos

O envenenamento resulta da introdução no organismo de uma substância que põe em perigo a saúde ou pode matar.
Uma substância inofensiva pode transformar-se em veneno se ingerida em grandes quantidades.
Os medicamentos, quando em doses excessivas, podem atuar como venenos.

Tipos de envenenamentos:

  • Agudos: Os sinais/sintomas aparecem logo a seguir à absorção;
  • Crónicos: As manifestações aparecem após algum tempo da absorção que é feita progressivamente.

Via de entrada no organismo:

  • Via Respiratória: Monóxido de carbono, dióxido de carbono, vapores de tintas e vernizes, cloro, amoníaco, fumos da combustão de produtos sintéticos, gases resultantes das fossas;
  • Via Cutânea: Injetáveis e pelos poros da pele;
  • Via Digestiva: Alimentos impróprios e tóxicos, medicamentos, lixívia, petróleo e derivados.

Envenenamentos mais comuns e forma de contrariar os efeitos

Venenos Antídotos e medidas a adotar Medidas Farmacológicas
Ácidos:
Clorídrico, nítrico, sulfúrico, cianídrico, fosfórico,etc.
Não provocar vómito.
Sacarato de cálcio; óxido de magnésio calcinado; bicarbonato de sódio (deve evitar-se pois pode reagir de forma violenta com ácido); leite
 
Alcalis:
Lixívia; soda cáustica; potassa cáustica, amoníaco, etc.
Não provocar vómito.
Sumo de limão; vinagre
Administração de corticosteróides
Petróleo e derivados:
Gasolina, benzina, etc.
Não provocar vómito.
Parafina líquida; carvão vegetal ativado; claras de ovo.
 
Produtos alimentares:
Cogumelos
Provocar o vómito e evacuar intestino com purgantes. Administração de tranquilizantes.
Raticidas e inseticidas Provocar o vómito.
Carvão vegetal ou leite de magnésio
 
Calmantes e tranquilizantes Provocar o vómito.
Carvão vegetal e manter doente acordado.
 
Álcool etílico Lavagem gástrica  
Gases tóxicos Colocar em local arejado, manter a temperatura e vigiar as funções cardiovasculares e o estado de consciência. Se houver paragem respiratória deve-se tentar fazer a reanimação.  
Intoxicações cutâneas Lavar abundantemente com água e sabão.  

Prevenção (alguns cuidados):
  • Conservar os venenos, produtos tóxicos e detergentes em lugares seguros e dentro das embalagens originais rotuladas;
  • Não entrar em ambientes contaminados sem ventilação prévia ou sem usar máscara;
  • Cuidados com medicamentos:
    • Não tomar medicamentos sem ver bem o que está a tomar;
    • Manter os medicamentos nas embalagens originais e fora do alcance das crianças;
    • Deitar fora os medicamentos fora de prazo;
    • Não beber bebidas alcoólicas com medicamentos;
  • Cuidados com alimentos:
    • Não manipular alimentos coma as mãos sujas;
    • Lavar bem as frutas e vegetais antes de comer;
    • Rejeitar alimentos cujo odor seja desagradável e não o seu original;
    • Não comer mariscos retardados ou colhidos perto de esgotos;
    • Deitar fora as caixas de conserva que estejam abauladas;
    • Não comer cogumelos que não haja a certeza de serem comestíveis;
  • No trabalho com produtos tóxicos:
    • Não comer, beber ou fumar durante o manuseamento de produtos tóxicos;
    • Não aplicar pesticidas e fungicidas em dias de vento;
    • Tomar banho e mudar de roupa se entrar e ambientes contaminados ou manipular produtos tóxicos.
CIAV Centro Informativo Anti-venenos: 

http://www.inem.pt/ciav

Telef.: 808 250 143

Voltar

Dependências Lazer
Álcool
Drogas
Tabaco








Repelentes de Insetos
Sol/Protetores
Viagens








Vida e Saúde Medicamentos Alternativos
Animais domésticos
Auto-medicação
Bebé
Contraceptivos
Emagrecer
Impotência Sexual
Menopausa
Vacinas
Acupuntura
Chá
Fitoterapia
Homeopatia

Naturopatia
Osteopatia
Quiropráxia

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 26-ago-2018