Saúde e Medicamentos

                  

Saúde e Medicamentos

Saúde Animal Perguntas/Respostas 

 Envenenamentos

O envenenamento resulta da introdução no organismo de uma substância que põe em perigo a saúde ou pode matar.
Uma substância inofensiva pode transformar-se em veneno se ingerida em grandes quantidades.
Os medicamentos, quando em doses excessivas, podem atuar como venenos.

Tipos de envenenamentos:

  • Agudos: Os sinais/sintomas aparecem logo a seguir à absorção;
  • Crónicos: As manifestações aparecem após algum tempo da absorção que é feita progressivamente.

Via de entrada no organismo:

  • Via Respiratória: Monóxido de carbono, dióxido de carbono, vapores de tintas e vernizes, cloro, amoníaco, fumos da combustão de produtos sintéticos, gases resultantes das fossas;
  • Via Cutânea: Injetáveis e pelos poros da pele;
  • Via Digestiva: Alimentos impróprios e tóxicos, medicamentos, lixívia, petróleo e derivados.

Envenenamentos mais comuns e forma de contrariar os efeitos

Venenos Antídotos e medidas a adotar Medidas Farmacológicas
Ácidos:
Clorídrico, nítrico, sulfúrico, cianídrico, fosfórico,etc.
Não provocar vómito.
Sacarato de cálcio; óxido de magnésio calcinado; bicarbonato de sódio (deve evitar-se pois pode reagir de forma violenta com ácido); leite
 
Alcalis:
Lixívia; soda cáustica; potassa cáustica, amoníaco, etc.
Não provocar vómito.
Sumo de limão; vinagre
Administração de corticosteróides
Petróleo e derivados:
Gasolina, benzina, etc.
Não provocar vómito.
Parafina líquida; carvão vegetal ativado; claras de ovo.
 
Produtos alimentares:
Cogumelos
Provocar o vómito e evacuar intestino com purgantes. Administração de tranquilizantes.
Raticidas e inseticidas Provocar o vómito.
Carvão vegetal ou leite de magnésio
 
Calmantes e tranquilizantes Provocar o vómito.
Carvão vegetal e manter doente acordado.
 
Álcool etílico Lavagem gástrica  
Gases tóxicos Colocar em local arejado, manter a temperatura e vigiar as funções cardiovasculares e o estado de consciência. Se houver paragem respiratória deve-se tentar fazer a reanimação.  
Intoxicações cutâneas Lavar abundantemente com água e sabão.  

Prevenção (alguns cuidados):
  • Conservar os venenos, produtos tóxicos e detergentes em lugares seguros e dentro das embalagens originais rotuladas;
  • Não entrar em ambientes contaminados sem ventilação prévia ou sem usar máscara;
  • Cuidados com medicamentos:
    • Não tomar medicamentos sem ver bem o que está a tomar;
    • Manter os medicamentos nas embalagens originais e fora do alcance das crianças;
    • Deitar fora os medicamentos fora de prazo;
    • Não beber bebidas alcoólicas com medicamentos;
  • Cuidados com alimentos:
    • Não manipular alimentos coma as mãos sujas;
    • Lavar bem as frutas e vegetais antes de comer;
    • Rejeitar alimentos cujo odor seja desagradável e não o seu original;
    • Não comer mariscos retardados ou colhidos perto de esgotos;
    • Deitar fora as caixas de conserva que estejam abauladas;
    • Não comer cogumelos que não haja a certeza de serem comestíveis;
  • No trabalho com produtos tóxicos:
    • Não comer, beber ou fumar durante o manuseamento de produtos tóxicos;
    • Não aplicar pesticidas e fungicidas em dias de vento;
    • Tomar banho e mudar de roupa se entrar e ambientes contaminados ou manipular produtos tóxicos.
CIAV Centro Informativo Anti-venenos: 

http://www.inem.pt/ciav

Telef.: 808 250 143

Voltar

Doenças Infeciosas
Hepatite
Meningite
SIDA
Vacinas
Varicela
Zona





Cuidados Corporais
Cabelo
Caspa
Celulite
Higiene oral
Pele Seca
Piolhos
Próteses dentárias
Queda de cabelo

Dermatologia
Acne
Afta
Calos
Dermatite
Diarreia
Frieiras
Hematomas
Herpes Labial
Micoses
Queimaduras
Varizes

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 18-out-2016