Saúde e Medicamentos

Dor de Dentes

Odontalgias

A Dor de dentes pode ter várias causas:

  • Cárie 
  • Periodontite (Inflamação do local onde se fixa o dente);
  • Obturação ou fratura dentária (Dente furado ou partido);
  • Abcesso dentário (Infecção);
  • Dor neuropática (Dor no nervo);
  • Erupção dentária (Nascer dos dentes).

Os principais fatores que predispõe para problemas dentários são:

  • Fatores internos (Idade, estado imunitário, fluxo salivar, pH oral, etc.);
  • Fatores externos (Alimentação, higiene oral, tabagismo, etc.);
  • Placa bacteriana (Composta por microorganismos, açucares da dieta, proteínas da saliva, leucócitos e bactérias Gram negativas).

Cárie e periodontite são os problemas dentários mais comuns. Na carie dentária os primeiros estadios são assintomáticos e a dor só é sentida quando a dentina fica exposta.

Anatomia do dente

Sintomas:

  • Dor intermitente ou contínua;
  • Sensibilidade ao frio e ao calor;
  • Edema

A dor de dentes nas crianças coincide, geralmente, com o período de erupção dentária, que pode ir dos 6 aos 33 meses. Os sintomas característicos são a irritabilidade e a falta de sono.

Prevenção:

  • Manter uma boa higiene oral (Escovar diariamente os dentes, sobretudo depois das refeições e passar fio dental);
  • Manter uma alimentação saudável (Redução do consumo de açucares);
  • Ingerir flúor:
    • Através da alimentação pelo consumo de peixe por exemplo;
    • Tomar suplementos vitamínicos com flúor;
    • Usando pastas ricas em flúor.

Tratamento:

Na erupção dentária pode-se aliviar os sintomas com recurso a gelo, compressas de água fria ou massajadores próprios.
Os geles bucais de Salicilato de colina  também podem ser utilizados.

Nas outras situações a dor pode ser aliviada recorrendo a sprays gengivais de benzocaína, um anestésico local, ou recorrendo a analgésicos e anti-inflamatórios.

Ver analgésicos e anti-inflamatórios

O recurso a analgésicos para alívio da dor de dentes é limitada a pequenos períodos de tempo. O recomendável é a consulta de um dentista, o mais rápido possível.

Sintomas persistentes, associados a febre ou dor de cabeça, abcesso dentário, cárie e dente fraturado requerem sempre a consulta de um especialista.

Após extração dentária recomenda-se:

  • Aplicar gelo;
  • Se o rosto estiver inchado deve-se desinfetar com anti-sépticos orais;
  • Ingerir alimentos líquidos e frescos durante as primeiras 24 horas;
  • Dormir de cabeça mais elevada.

Voltar

Dependências Lazer
Álcool
Drogas
Tabaco








Repelentes de Insetos
Sol/Protetores
Viagens








Vida e Saúde Medicamentos Alternativos
Animais domésticos
Auto-medicação
Bebé
Contraceptivos
Emagrecer
Impotência Sexual
Menopausa
Vacinas
Acupuntura
Chá
Fitoterapia
Homeopatia

Naturopatia
Osteopatia
Quiropráxia
Tisanas

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 07-jan-2018