Saúde e Medicamentos

Queimaduras

As queimaduras são lesões nos tecidos provocadas por agentes:

  • Físicos: 
    • Sol; Radiações;
    • Fogo; Vapores quentes;
    • Eletricidade;
  • Químicos:
    • Ácidos;
    • Bases (ex. lixívia).

A ação a nível cutâneo origina a morte celular e a sua gravidade é tanto maior quanto a maior for a profundidade e a área dos tecidos cutâneos afetados. Estas dependem da fonte de queimadura, da duração do contacto com o a fonte  e do espaço de tecido em contacto.

Classificação da gravidade da queimadura

Classificação

Tecidos afetados

Sintomas

1º Grau

Epiderme

Eritema, edema mínimo e dor

2º Grau

Superficial

Epiderme e derme

Eritema, flictemas (bolhas) e dor intensa

Profunda

Epiderme e derme profunda

Eritema, flictemas (bolhas), exsudado e dor menos intensa

3º Grau

Epiderme, derme e tecido subcutâneo (com destruição das terminações nervosas).

Aparência esbranquiçada ou negra que pode não ter dor

As queimaduras de 1º grau podem ser tratadas sem recurso ao hospital, a não ser que atinjam uma área muito grande ou sejam em bebés e idosos. Este tipo de queimadura melhora em 3 dias.

As queimaduras de 2º grau são as mais dolorosas porque afetam uma parte da derme. Demoram a curar cerca de 3 semanas e não deixam marca. Se forem mais profundas doem menos e demoram mais tempo a regenerar. Podem deixar cicatrizes.

As queimaduras de 3º grau afetam até aos tecidos subcutâneos. Os tecidos ficam brancos ou escurecidos. A cicatrização é muito lenta se os tecidos não forem substituídos por cirurgia.

Fatores que podem agravar a situação:

  • Localização - Face, zonas de flexão (joelhos), mãos e pés.
  • Idade - Crianças com menos de 2 anos têm pele muito sensível. Idosos podem ter doenças graves.
  • Doenças - Diabetes, terapêutica com corticosteróides e imunossupressores.

Tratamento de queimaduras

Queimaduras térmicas:

Queimaduras do 1º e 2º grau (de baixa gravidade) podem ser tratadas sem recurso ao hospital. Os casos mais graves deverão ir ao hospital.

  • Aplicação de água fria até alivio da dor;
  • Desinfecção com uma solução de clorohexidina ou iodopovidona, sobretudo quando aparecem bolhas;
  • Secagem da zona afetado com compressa esterilizada;
  • Aplicação de gaze vaselinada (não aderente) sobre a queimadura e um penso absorvente para absorver exsudado (deve ser mudado regularmente):
  • Analgésicos para alívio da dor;
  • Hidratação;
  • Os cremes/loções calmantes só estão indicados para as queimaduras de 1º grau.

Nota: Não se deve usar algodão porque aderir à ferida; As ligaduras não devem ser aplicadas muito apertadas.

Queimaduras elétricas:

Requer urgência hospitalar porque pode afetar áreas não visíveis.

Queimaduras químicas:
  • Lavagem com muita água corrente;
  • Envio ao hospital.
No caso de ingestão:

  • Ingerir muita água fria;
  • Ir ao hospital.
Queimaduras solares:

As queimaduras solares são geralmente do 1º grau e, por isso, podem ser tratadas sem recurso ao hospital.

  • Aplicação de água fria para baixar a temperatura corporal;
  • Hidratação oral. A pele perde líquidos ao estar exposta por longos períodos ao sol. 
  • Hidratação cutânea. A aplicação de cremes/geles alivia a dor e acelera a recuperação.

Os medicamentos para o tratamento de queimaduras solares são emulsões, leites, loções ou geles que contêm na sua composição elevado teor de água. Neste tipo de formulações entram outras substâncias que ajudam a aliviar os sintomas como:

  • Benzocaína - anestésico local, para alívio da dor;
  • Difenidramina, Dimetindeno, Clemastina, Mepiramina - anti-histamínicos que aliviam a comichão e têm ação calmante.
  • Calamina - Calmante e descongestionante,
  • Óxido de zinco - Anti-séptico  e adstringente;
  • Alantoína, Vitamina A - Anti-inflamatória;
  • Aloé-vera, Mentol - descongestionante, calmante;
  • Óleo de abacate - Emoliente;
  • Vitamina E - Anti-oxidante (evita o envelhecimento cutâneo).

Juntamente poderá administrar-se analgésicos orais como o paracetamol para aliviar as dores e baixar a temperatura.

 

Voltar

Dependências Lazer
Álcool
Drogas
Tabaco








Repelentes de Insetos
Sol/Protetores
Viagens








Vida e Saúde Medicamentos Alternativos
Animais domésticos
Auto-medicação
Bebé
Contraceptivos
Emagrecer
Impotência Sexual
Menopausa
Vacinas
Acupuntura
Chá
Fitoterapia
Homeopatia

Naturopatia
Osteopatia
Quiropráxia
Tisanas

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 07-jan-2018