Saúde e Medicamentos

    Saúde e Medicamentos

Pílula Contraceptiva

Tipos de contraceptivos orais:

  1. Método combinado
  2. Método sequencial
  3. Método polifásico
  4. Minipílula
Método combinado ou monofásico.

Utiliza uma associação em dose fixa de estrogénio e progestagénio. A tendência é de reduzir a dose de estrogénios até à dose mínima eficaz e com isso diminuir os efeitos secundários destes compostos.

Composição:

Existem várias combinações de doses de estrogénio com diferentes progestagénios.

  Etinil estradiol 0,015mg Etinil estradiol 0,02mg Etinil estradiol 0,03mg
Acetato de Cloromadinona 2mg     x
Desogestrel 0,15mg   x x
Drosperinona 3mg   x x
Dienogest 2mg     x
Gestodeno 0,06mg x(1)    
Gestodeno 0,075mg   x x
Levonorgestrel 0,1mg   x  
Levonorgestrel 0,15mg     x
 

O Etinilestradiol 0,035mg + acetato de ciproterona 2mg não está indicado como anticoncepcional isolado, mas para o tratamento de doenças androgeno-dependentes na mulher pós puberdade tais como: acne severo, alopécia androgénica (queda de cabelo severa) e hirsutismo.

Embalagens com 21 comprimidos ou 3x21comprimidos, excepto (1) que são 28 ou 3x28 comprimidos.

Posologia:

Um comprimido por dia durante 21 dias seguidos seguido de pausa de 7 dias. No caso de (1) a toma é contínua, sem pausa, uma vez que 4 dos últimos comprimidos não têm medicamento.

Método sequencial

Neste método é usado inicialmente um estrogénio durante 14 a 16 dias, seguindo-se uma combinação fixa de estrogénio e progestagénio na segunda fase do ciclo. Tem eficácia menor e está relacionado com tumores do endométrio devido ao uso isolado de estrogénio pelo que tem sido retirados do mercado.

Composição:
Desogestrel 0,025mg + etinilestradiol 0,04mg 7comp 22 comprimidos
Desogestrel 0,125mg + etinilestradiol 0,03mg 15comp
Método polifásico

Utiliza associações de estrogénio e progestagénio que variam ao longo do ciclo em 2 ou 3 fases. As doses de hormonas são reduzidas para minorar os efeitos adversos.

Composição:
Etinilestradiol + gestodeno   Etinilestradiol + levonorgestrel
0,03mg+0,05mg
 6comp.
  0,03mg+0,05mg
 6comp.
0,04mg+0,07mg
 5comp.
  0,04mg+0,075mg
 5comp.
0,03mg+0,1mg
 10comp.
  0,03mg+0,125mg
 10comp

Embalagens com 21 comprimidos

Posologia:

Um comprimido por dia durante 21 dias seguidos seguido de pausa de 7 dias

Minipílula

É uma pílula composta apenas por progestagénio. Tem a vantagem de não ter os efeitos adversos dos estrogénios, mas pode originar ciclos irregulares. A eficácia é inferior aos outros métodos.

Composição:

Desogestrel 0,075mg 28comp.

Efeitos secundários:

Cefaleias (Dores de cabeça), naúseas, aumento de peso, tensão mamária e hemorragias uterinas (Menstruações) irregulares.

Posologia:

A toma é contínua sem qualquer período de descanso.

Mecanismo de ação:

A forma segundo a qual estes compostos impedem a concepção é múltipla.

O efeito anovulatório (inibição da ovulação) é conseguido pela inibição dos estímulo indutor da ovulação provocado por outra hormona a LH. e pelo bloqueio do crescimento folicular (desenvolvimento do óvulo nos ovários) por efeito de outra hormona a FSH.

O espessamento do muco cervical dificulta a penetração dos espermatozóides.

Também se verifica alteração do endométrio que não deixa que o um óvulo fecundado (ovo) se fixe e a nidação continue.

Efeitos adversos:

Riscos mais elevados do cancro do endométrio e da mama, sobretudo para doses mais elevadas. Maior risco de tromboembolias (trombose), acidentes vasculares cerebrais, doença coronária isquémica, hipertensão, edema e retenção de sódio. Alterações no colesterol e do fluxo biliar. Naúseas, enxaquecas, alterações do humor, aumento do peso e dores mamárias.

Alguns efeitos adversos podem ser minorados pela mudança do contraceptivo:

Náuseas, dor mamária e edema

Redução do estrogénio
Hemorragia precoce Aumentar o estrogénio e/ou

diminuir progestagénio

Peso, hirsutismo e depressão Diminuir progestagénio
Hemorragia excessiva Aumentar progestagénio e/ou

diminuir estrogénio

Resumo das características:

Frequência 1 comprimido diário durante 21/24 dias e 7/4 dias de descanso
Modo de ação Inibição da ovulação
Eficácia >99%
Retorno à fertilidade Rápido após paragem do método contraceptivo
Características Administração diária, via clássica de administração, níveis hormonais baixos com oscilações diárias
Reações adversas mais comuns Dores de cabeça, náuseas, aumento de peso (retenção de líquidos), alterações do humor, dores mamárias
Importante Método mais estudado, com maior experiência, padrão de hemorragia menstrual regular e previsível, depende da administração diária, pode ser afetado por vómitos e diarreia, pode interagir com outros medicamentos.
Amamentação Não deve ser usado
Proteção contra DST e HIV Não protege
Via de administração Oral
... e se esquecer de tomar?

1 comprimido em qualquer altura > Tomar logo que possível.
2 comprimidos na 1ª semana > Usar método barreira (preservativo) nos 7 dias seguintes ou contracepção de emergência se houver ato sexual.
2 comprimidos na 2ª semana > Usar método barreira nos 7 dias seguintes.
2 comprimidos na 3ª semana > Terminar embalagem, iniciar imediatamente outra e usar método barreira nos 7 dias seguintes.

Voltar

 

Olhos e Ouvidos    
Conjuntivite
Olhos
Ouvidos

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 10-fev-2019