Saúde e Medicamentos

    Saúde e Medicamentos

Reciclagem de Medicamentos

Todos os dias são produzidos enormes quantidades de resíduos de medicamentos, desde a sua produção até ao consumo final. Para evitar que esses resíduos se misturassem com o lixo doméstico comum foi criado um sistema  de recolha e gestão dos resíduos de embalagens de medicamentos e de medicamentos fora de uso.

De tempos a tempos deve ser feita uma vistoria à farmácia doméstica para:

  •  separar os medicamentos fora de uso: consumo suspenso pelo médico e fora do prazo de validade;
  • separar as embalagens vazias e acessórios (colheres medida, copos medida, etc.);
  • As embalagens com medicamentos líquidos devem ir bem fechadas para evitar derramar o conteúdo.

Os resíduos assim recolhidos devem ser entregues na Farmácia onde são colocados em contentores próprios.

O que acontece aos resíduos entregues na Farmácia?

Os contentores de recolha de resíduos de medicamentos estando cheios são selados e pesados e enviados pelos distribuidores habituais de medicamentos que os encaminham para os locais de triagem. Na triagem, os materiais que podem ser reciclados (Vidro, cartão e plástico) são separados dos restantes. Os primeiros são encaminhados para centros de reciclagem e o restante é encaminhado para incineradoras para destruição. Evita-se, assim, que se contamine os solos com substâncias perigosas.

Os resíduos dos distribuidores farmacêuticos e laboratórios são encaminhados de igual modo para os centros de reciclagem.

Cuidados a ter com medicamentos:
  • Utilizar os medicamentos seguindo as instruções do médico e do farmacêutico;
  • Guardar os medicamentos em local apropriado e dentro das embalagens originais;
  • Verificar o prazo de validade antes de qualquer toma;
  • Os medicamentos de uma pessoa podem não ser adequados para outra;
  • Não guardar medicamentos que não são necessários;
  • Fazer uma vistoria periódica à farmácia doméstica;
  • Não deitar os medicamentos no lixo;
  • Entregar os restos de medicamentos na Farmácia.

Deve-se entregar na farmácia:

  • Medicamentos fora de prazo;
  • Medicamentos que já não são utilizados;
  • Embalagens vazias de medicamentos;
  • Restos de embalagem como: blisteres, ampolas, bisnagas, frascos, etc.

Não se deve entregar na farmácia:

  • Agulhas e seringas;
  • Termómetros;
  • Radiografias;
  • Aparelhos elétricos, como nebulizadores ou tensiómetros;
  • Gaze, pensos e outro material cirúrgico;
  • Produtos químicos.

Página recomendada: www.valormed.pt

Voltar

Dependências Lazer
Álcool
Drogas
Tabaco








Repelentes de Insetos
Sol/Protetores
Viagens








Vida e Saúde Medicamentos Alternativos
Animais domésticos
Auto-medicação
Bebé
Contraceptivos
Emagrecer
Impotência Sexual
Menopausa
Vacinas
Acupuntura
Chá
Fitoterapia
Homeopatia

Naturopatia
Osteopatia
Quiropráxia

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 07-out-2018